Conselho Tutelar

Holerite Web

ITR - Informações

Serviços ao Contribuinte

Conselho Tutelar

Acesso à Informação

Município Verde

Clima Local

Eventos

  • *Evento
O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Nova Castilho

Dia de 18 de maio foi estabelecido como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e o município de Nova Castilho fez sua contribuição nesta importante data.

Nos dias 16 e 17 de maio foram realizadas diversas atividades para conscientizar e sensibilizar a todos sobre o referido tema.

No primeiro dia, logo pela manhã, uma grandiosa passeata foi realizada pelas ruas da cidade. Alunos, pais, professores e funcionários das escolas locais, conselheiros tutelares, grupo da Terceira Idade foram às ruas munidos de cartazes, faixas, apitos e balões.

Em seguida os alunos do 6° do Ensino Fundamental a 3ª série do Ensino Médio, professores e o grupo da Terceira Idade digiram-se até a sede do CRAS, onde assistiram uma palestra com o Psicólogo Frederico Donadelli.

No período da tarde, foi a vez dos alunos do 1° ao 5° ano do Ensino Fundamental receberem orientações de como reagir em casos de abusos através de uma palestra ministrada pelo advogado e especialista em Politicas Públicas para Crianças e Adolescentes Pedro Luiz Menti Sanchez.

O segundo dia de mobilização contou com um teatro de fantoches denominado “Chapeuzinho Amarelo e o Lobo que dizia ser bom”. A apresentação abordou o tema de forma cuidadosa e de fácil entendimento aos pequenos do Maternal e Pré-escola.

A todos os participantes dos eventos, o CRAS presenteou com um lindo copo com o tema da mobilização.

Os eventos foram realizados e organizados pela Equipe do CRAS (Centro de Referencia da Assistência Social), Departamento de Assistência Social, Membros do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescentes), Conselheiros Tutelares, CCI (Centro de Convivência do Idoso) e Diretores, Coordenadores e Professores das Escolas EMEI “Adila Ana Conceição dos Santos”, EMEF “Professora Sandra Regina Feitosa Sobreira” e EE “José Antônio de Castilho”, com apoio da Prefeitura Municipal.

O dia 18 de maio foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes pela Lei Federal 997000.

Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados. Foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune. 

A proposta do “18 de maio” é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais preservados de crianças e adolescentes.